Mobilidade – Aplicativo ou Site Responsivo?

site responsivo

Sempre surge a dúvida: Aplicativo ou Site Responsivo? As empresas já estão cientes da necessidade de se adaptar a mobilidade. O consumo do usuário mudou drasticamente ao longo dos últimos anos, já que ele possui a informação e o processo comercial em tempo real.

No entanto, apesar dessa consciência, a adaptação do seu negócio aos dispositivos móveis é um processo que pode ser confuso. Não apenas em termos de decisões de marketing, mas também de uma perspectiva técnica.

Vamos falar um pouco sobre Aplicativos e Sites Responsivos. Qual é o melhor? Isto é um pouco como perguntar se é melhor viajar de carro ou de avião. Vai depender do seu gosto e necessidades.

Antes de irmos mais longe, temos de esclarecer que nos aplicativos para dispositivos móveis e nos sites para dispositivos móveis há várias opções de desenvolvimento. Aplicativos móveis podem ser desenvolvidos nativamente ou como um híbrido, e sites para acesso mobile podem ser desenvolvidos como adaptável ou responsivo. No entanto, a fim de simplificar as coisas, vamos nos concentrar em site responsivo e aplicativos móveis nativos. Eles são as opções de desenvolvimento mais completas.

Site Responsivo

Existem duas principais vantagens do site responsiva em relação aos aplicativos nativos: tempo e dinheiro. A razão é que apenas um processo de desenvolvimento permite que seu site seja visualizado na maioria dos navegadores móveis modernos. Além disso, sua equipe de desenvolvimento não precisará aderir a quaisquer diretrizes ou permissões do sistema operacional. Isto porque estão desenvolvendo um site que não é distribuído pelas lojas de aplicativos.

No entanto, ao escolher site responsivo, você também tem que manter em mente que existem várias desvantagens. A maioria destes decorre do fato de que é uma solução simples para um problema que tem múltiplas faces – como o número de sistemas operacionais móveis e dispositivos que existem hoje.

O Site responsivo precisa de uma conexão com a Internet para funcionar. Ele extrai informações diretamente do navegador, o que significa que seu produto não estará disponível a qualquer hora e em qualquer lugar. Isso pode decepcionar seus usuários e não será útil para o seu negócio se o seu objetivo é ser encontrado e estar disponível em qualquer contexto.

Geralmente sofre de mau desempenho em dispositivos móveis porque certos componentes – como imagens e animações – são muito lentos e pesados.

Além disso, os usuários terão que esperar para o navegador baixar a página inteira, a fim de vê-los. Isso pode levar a um enorme consumo de dados, bateria e também tempo.

Padrões de Interface ao Usuário para iOS, Android e outros sistemas operacionais são diferentes. Sua aparência é diferente, e os gostos do usuário e as expectativas são diversas também.

Outro aspecto importante a ter em conta as notificações push, que são uma forma visível e eficaz de atrair a atenção do utilizador. Eles só podem ser usados em aplicativos para dispositivos móveis e não funcionarão via site responsivo.

Além disso, tecnologias como códigos QR, reconhecimento de voz e realidade aumentada não podem ser usadas com o site responsivo em dispositivos móveis. Estas são ferramentas que requerem um aplicativo móvel nativo.

Aplicativos

Em geral, os aplicativos nativos são uma opção melhor (mas mais cara) do que o site responsivo. Aplicativos nativos geralmente são mais caros. Isto ocorre porque a equipe de desenvolvimento tem que criar um design exclusivo e base de código para cada sistema operacional. Eles também terão que lidar com os diferentes processos de aprovação que cada sistema operacional exige. E isto poderia levar de dois dias a duas semanas ou mais. No entanto, os resultados em termos de qualidade, velocidade e oportunidade de usar várias capacidades dos dispositivos móveis e outros sistemas são muitas vezes superiores.

Com aplicativos nativos, os usuários não precisam necessariamente de uma conexão com a Internet para usar seu produto. Depois que o aplicativo foi baixado, ele é armazenado diretamente em seu dispositivo, para que eles possam acessá-lo em todos os contextos.

Aplicativos nativos também resolvem o problema dos tempos de carregamento, já que elementos nativos são projetados especificamente com o desempenho móvel em mente. Eles são muito mais leves, muito mais rápidos e tendem a fornecer uma experiência de usuário muito melhor. Além disso, será capaz de acessar todas as funções do dispositivo móvel, porque o aplicativo está instalado nele e funciona em conjunto com suas várias ferramentas. Não só isso significa uma experiência melhor para o usuário, mas também um aumento nos serviços que sua empresa pode oferecer através de seu aplicativo.

Segurança é outro ponto positivo. Quando os usuários se conectam com uma empresa através da Internet, eles são expostos não apenas aos seus rastreadores, mas também a todos da web. Já quando eles usam um aplicativo, o negócio é capaz de lidar com a conexão sem intervenção de terceiros. Isso significa que os usuários estão menos expostos.

Conclusão

Quando os proprietários do negócio e gerentes de produtos decidem fazer um investimento em um aplicativo nativo, o que provavelmente será muito mais caro do que um site responsivo, eles devem levar em conta que esta ferramenta lhes dá a chance de estar no desktop móvel do usuário – o telefone. Site responsivo requer que os usuários percorram um longo caminho para encontrá-lo. Eles têm que pensar em sua marca, abrir o navegador móvel, digitar o domínio do seu site ou, pior ainda, o Google, e depois esperar para o navegador carregar antes de acessar seu conteúdo.

O pior de tudo é que usuários devem repetir o processo toda vez que quiserem se conectar ao seu negócio. Em contrapartida, se você tiver um aplicativo nativo, eles só terão que pensar em você uma vez. Em seguida, depois que o aplicativo foi baixado, você estará nas telas e mentes cada vez que usarem seu dispositivo.

Gostou do tema? Vamos conversar sobre mobilidade.

Quer saber mais sobre tecnologia? Conheça nossa área de tecnologia clicando aqui

Quer seguir nossas páginas nas redes sociais?

LinkedInclique aqui

Facebookclique aqui

Fonte: NPW Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *