Automatizador de testes e o mercado

Automatizador de Testes

Nos últimos anos, os anúncios de emprego de QA e analista de testes enfatizavam a necessidade de habilidades de automação de teste. Há algum tempo, a mensagem para testadores se tornou alta e clara: ganhar habilidades técnicas e de automação de teste! Desde então, a demanda por automação de testes continuou a crescer. E agora equipes estão eliminando completamente os testadores manuais e contratando profissionais de teste com habilidades de automação de teste. Isto é em parte devido à mudança contínua para o desenvolvimento ágil, que enfatiza tanto uma abordagem de “equipe inteira” para a qualidade e a automação de testes para a integração contínua. No entanto, mesmo as equipes que não se tornam totalmente ágeis estão reconhecendo os benefícios de automatizar seus conjuntos de testes de regressão.

No entanto seja qual for o seu ponto de vista sobre a importância dos testes manuais, não se pode negar que a indústria está tendenciosa para testes automatizados. Os testadores não podem se dar ao luxo de ignorar as ferramentas e técnicas modernas que estão sendo usadas em desenvolvimento para a automação de testes. Isso significa que os testadores, como qualquer outro profissional de tecnologia, devem estar abertos a aprender novas habilidades e dispostos a crescer e mudar com o tempo.

Enfim,  ter alguma experiência de programação ajudará a qualquer testador de software. Mesmo os testadores sem experiência em testes automatizados podem se beneficiar da compreensão das técnicas de programação e da terminologia. Os testadores que se dedicam as práticas de codificação podem se comunicar melhor com a equipe de desenvolvimento. Eles também podem ajudar com os testes de caixa branca e preta.

Algumas Habilidades

E quais habilidades são requisitadas? Seguem algumas:

  • SQL ou habilidades de banco de dados relacionais
  • Java, incluindo J2EE e EJBs
  • Perl
  • Python
  • C / C ++
  • XML
  • Habilidades gerais de desenvolvimento web, incluindo HTTP / HTTPS, HTML, CSS e XPATH
  • Serviços da Web , SOAP , XSL / XSLT
  • Selenium
  • JUnit
  • JMeter
  • Cucumber
  • LoadRunner

Embora a documentação sobre algumas ferramentas de automação afirme que as habilidades de programação não são necessárias, um programador ou engenheiro de automação de teste tem, em última instância, necessidade em fazer alguma programação. Aqueles sem um fundo de programação muitas vezes escrevem testes usando uma linguagem simples baseada em palavras-chave, onde um framework de teste converte em código ou um engenheiro de automação de teste usa para escrever etapas de teste.

Embora seja possível um testador manual sem habilidades de programação ajudar a criar testes de automação e testar dados, eles podem sentir que a criatividade que eles geralmente trazem à mesa com testes exploratórios está sendo esmagada. Mas, em comparação com o trabalho tedioso de executar repetidamente testes de regressão manual, a criação de testes de automação em qualquer capacidade é geralmente bem-vinda.

Quanto mais técnicas e automatizadas são suas habilidades de teste, mais oportunidades terá como um testador. Se você não tem as habilidades agora, comece a aprender. Mesmo que prefira se concentrar em testes manuais, aprender essas tecnologias permitirá que você ajude seu time a automatizar esses testes cansativos de regressão. Desta forma você irá gastar mais de sua energia criativa em testes exploratórios.

Quer saber mais sobre nós? Conheça a NPW Digital clicando aqui

Quer seguir nossas páginas nas redes sociais?

LinkedInclique aqui

Facebookclique aqui

Fonte: NPW Digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *